Arquivo de Dezembro, 2007

Conferência Scratch@MIT 2008 – EUA

http://scratch.mit.edu/conference

Mais Scratch…

Estava prometida esta descrição:

 http://turbeturma.blogspot.com/2007/12/scratch-o-meu-primeiro-trabalho.html

Acabou de chegar.

Continuação das aventuras com o Scratch…

Pois…

Já no contexto das actividades do mestrado (e portanto não vou entrar em muitos detalhes para já… ando aqui em brainstorming a tentar registar tudo, ao mesmo tempo que persisto na revisão da literatura e ensaio esboços de redacção relacionados com a metodologia) partilho os últimos eventos com a turminha GTurma, que será a minha parceira nesta aventura.

Um blogue, pois então!

GT Scratch
http://www.gtscratch.blogspot.com/

Alguns projectos (não esperava ter já alguns antes do Natal, pois só “abri o jogo” na turma e lhes falei do Scratch nos primeiros dias de Dezembro).

http://scratch.mit.edu/projects/bocas/66193

http://scratch.mit.edu/projects/catfilpa/68512

Num destes projectos (o primeiro, do “bocas”) aprendi (pela “boca” do autor) como inserir no trabalho som gravado directamente para o Scratch. Tenho esse registo em vídeo onde se percebe a minha surpresa ao ver o projecto a funcionar, pois desconhecia essa potencialidade (ainda não tive tempo de explorar a ferramenta exaustivamente – vá-se lá saber porquê…). Obviamente, os vídeos (embora as carinhas não apareçam) serão para partilhar em ambiente mais restrito, no âmbito do estudo.

Como se pode ver nesse projecto, o aluno usou a aprendizagem trabalhada na aula a que fiz referência aqui (muito antes de lhes dizer por que estava a antecipar este conteúdo, que nem integra o currículo do 5º ano) e recorreu também a conteúdos sobre sólidos geométricos trabalhados no princípio do primeiro período – designação e desenho em perspectiva.

Scratch Project

Recursos excelentes na “web” acompanhando o livro Research Methods in Education

Lembram-se desta entrada onde referi este livro?

livmetodos.jpg

Bem… preparem-se, não é todos os dias que fazemos uma descoberta assim…

É quase livro de cabeceira e comecei a ver espalhados por ele alguns endereços de internet referenciando certos materiais associados. Olhei para a capa e vi escrito no topo Companion Website… Digitando os endereços, não estava a conseguir chegar lá. Aparecia apenas um site associado (editores www.routeledge.com ) onde a informação/oferta é muita e útil, mas tudo se vende.

Pensei desconfiada: pois, está bem… se quisermos os materiais, teremos de os pagar. Todavia, ainda fiz uma tentativa, depois de ler na introdução The book contains references to a comprehensive dedicated website of accompanying materials. Hummm… achei que haveria uma hipótese de serem gratuitos e escrevi no Google – research methods in education accompanying materials, o que me levou directamente aqui:

Research Methods in Education Research Methods in Education is essential reading for the professional … To access the dedicated website of accompanying materials, please visit …

No texto de divulgação do livro no site anterior encontrei então: … to access the dedicated website of accompanying materials, please visit

www.routledge.com/textbooks/9780415368780

e lá fui eu… aterrando finalmente no paraíso dos recursos online associados a este livro:

Se experimentarem explorar este site, percebem facilmente a razão do adjectivo “excelentes” para qualificar os recursos gratuitos aqui encontrados… Exemplos em pdf, quadros, tabelas, textos, um sem número de magníficas apresentações de síntese em powerpoint… Ainda me é difícil acreditar. Indispensável! A não perder! Há momentos de sorte…

Deixo aqui o exemplo da primeira apresentação a que vi referência no livro (quando estava a preparar o questionário que apliquei aos alunos de quinto ano) e me fez levantar para ir à sua procura. E aqui e aqui outros dois que vão ser bem necessários nesta fase… E aqui mais uma coisinha diferente… Só para terem uma ideia.

Bernard Charlot…

Fui apanhada de surpresa, mas foi uma boa surpresa.
Ontem às 18 tive ocasião de assistir a:

Conferência “A pesquisa educacional: especificidades de uma área de saber”
Quando: 12 de Dezembro de 2007
Horário: 18h00
Onde: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa Anfiteatro

Organização
Unidade de I&D de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa

A conferência foi proferida por Bernard Charlot.

Sinopse
Será que pode ser definida e construída uma disciplina específica, chamada Educação ou Ciências da Educação?Bernard Charlot apresenta três respostas possíveis. Primeira: os departamentos de Educação não passam de um agrupamento administrativo de matérias interessadas pela educação. Segunda: esse próprio agrupamento gera uma especificidade das pesquisas, entre conhecimentos, políticas e práticas. A terceira resposta consiste em apostar em uma disciplina específica.Nessa última perspectiva, são analisados sete tipos de discursos actuais sobre educação: espontâneo, dos práticos, dos antipedagogos, da pedagogia, das ciências humanas, dos militantes e das instituições internacionais.Nesse campo já saturado de discursos, qual lugar para um discurso científico específico? Para responder a essa pergunta, Bernard Charlot apresenta algumas propostas teóricas e práticas.

AQUI, encontrei mais informação:

Bernard CHARLOT é graduado em Filosofia e Doutor em Educação pela Universidade de Paris X (Doctorat d’État). Professor emérito em Ciências da Educação da Universidade de Paris 8, onde foi Professor Catedrático e fundou a equipa de pesquisa ESCOL. Atualmente, é Professor Visitante no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe, em Aracaju (Brasil), onde vive.É, actualmente, consultor da UNESCO-Brasil. Foi Presidente da Associação Francesa dos Professores e Pesquisadores em Educação (AECSE) (1990-1996) e membro do Comitê Internacional do Fórum Mundial da Educação de Porto Alegre, do qual é um dos fundadores. É, ainda, membro de numerosos conselhos de revistas especializadas em vários paises.Escreveu 12 livros, organizou mais 5, publicou muitos artigos e capítulos em outros livros. Os seus livros foram traduzidos no Brasil, em Espanha, na Grécia, em Itália e no Uruguai. Das obras mais recentes, destaque para o livro Relação com o saber, Formação dos professores e Globalização (Porto Alegre, ARTMED, 2005).

Para ir um pouco mais longe (justifica-se, foi muito enriquecedor ouvi-lo)

UNIGE

Publicações recentes:

Charlot, B. (dir.) (1994) L’école et le territoire : nouveaux espaces, nouveaux enjeux, Paris, Armand Colin.
Charlot, B. (1999)
Le rapport au savoir en milieu populaire. Une recherche dans les lycées professionnels de banlieue, Anthropos.
Charlot, B. (2000)
Du Rapport au savoir. Éléments pour une théorie, Anthropos, 1997. Traduit en Grèce en 1999 et au Brésil en 2000.
Charlot, B. (Dir.) (2001)
Les jeunes et le savoir : perspectives internationales, Anthropos, 2001 (à paraître).
Charlot, B., Bautier, E. et Rochex, Y. (1992)
École et savoir dans les banlieues et ailleurs, Paris, Armand Colin.

E mais:

Revista educarede – entrevista Bernad Charlot

Entrevistas / Palestras

Collège des CPE – Conférence de Bernard Charlot du 29 novembre 2001

Présentation du livre: Du rapport au savoir de Bernard Charlot
 

Recursos Scratch

http://nonio.fc.ul.pt/recursos/scratch/index.htm

Já havia feito referência AQUI ao trabalho da FCUL. Mas hoje deixo aqui alguns dos recursos que oferecem no seu espaço…

Estudos/Métodos mistos…

Aqui às voltas… descobri estes documentos (Estudos mistos e de avaliação – Metodologias de Investigação):

www.educ.fc.ul.pt/docentes/ichagas/mi1/mistosavaliacao2.pdf

www.educ.fc.ul.pt/docentes/ichagas/mi1/mistosavaliacao1.pdf

Se fizerem falta a mais alguém…


RSS my delicious

  • Ocorreu um erro; é provável que o feed esteja indisponível. Tente novamente mais tarde.

Blog Stats

  • 163,625 hits
Dezembro 2007
M T W T F S S
« Nov   Jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Categorias