Fragmentos do dia – 3

Manhã cedinho. Matemática com os mais pequenitos…
Aquecer os motores com os habituais balanços e novidades.
Receber trabalhos, comentar outros já feitos.
A Inês (sim, das conversas no gmail) disse -me que a Mãe esteve a ver o seu blogue, os seus projectos e decidiu fazer um blogue para os seus alunos e mostrar o da sua filhota para ver se os entusiasma a seguir o exemplo. A tua Mãe é professora? Sim, de Ciências. E esteve a ver o scratch e achou engraçado.
Mas então só agora mesmo no finalzinho do terceiro período é que lhe mostraste? Oh professora, é que nos dias da semana não dá muito tempo, mas assim ontem no feriado estivemos juntas a ver essas coisas.
Então depois conta no teu blogue essa história bonita (tal como a Cisne fez com a Mãe, que também aprendeu com ela a fazer um blogue e fez um para os seus meninos…)
A minha mãe também me parece que quer experimentar o Scratch, diz o MC.
O meu pai também anda de volta de mim e depois pergunta coisas, como se faz isto e aquilo… agora a Sara Mix.
E eu deliciada com estas histórias familiares… mais uma vez a família no centro, pelas melhores razões: exemplos de acompanhamento, interesse, carinho. Se os pais não podem vir muitas vezes ter com a escola, a escola pode procurar formas de se aproximar deles…

Depois mergulhámos profundamente na nossa Matemática, hoje um pouco mais tradicional… múltiplos, propriedades das operações (para aplicação imediata)… e até umas “chamadas” de tabuada! (A Fil teve Muito Bom – tabuada na ponta da língua!)
Pelo meio mais uns devaneios por conta da propriedade que não ficava bem que fosse “trocativa” porque não é lá coisa muito fina de se dizer… bem melhor ir ao verbo comutar (sabem o que são comutadores?) muito mais sofisticado (ai tantos sorrisos)… e… a leitura da síntese “O produto não se altera se se trocar a posição dos factores”…e o meu ar de espanto e aflição: desculpem, agora é que não entendi nada! Eu até sou muito sofisticada e tal, aprendi a palavra comutativa, mas não percebi essa frase. Alguém explica?
A Bia, com o seu ar doce e maternal, começou a explicação para me sossegar a aflição, ajudada pelos colegas…
Delicioso.

Já a garganta começava a doer, mas ainda me ia esquecendo dela…


RSS my delicious

  • Ocorreu um erro; é provável que o feed esteja indisponível. Tente novamente mais tarde.

Blog Stats

  • 162,620 hits
Maio 2008
M T W T F S S
« Abr   Jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias


%d bloggers like this: