Apresentação Sapo Kids (Scratch)

Vídeo AQUI

 


 Mitchel Resnick e equipa da PT Inovação que trabalhou na criação do portal e na aplicação portuguesa.

Álbum de fotos completo – AQUI

Clarificando o essencial…

O Scratch sempre permitiu construir projectos em língua portuguesa. Foi um objectivo central do trabalho do MIT disponibilizar para o mundo uma ferramenta que qualquer criança pudesse usar. E tem sido usado no mundo inteiro nas várias línguas. Na opção linguagem podia e pode sempre escolher-se a língua desejada (recentemente, com a versão 1.3, foi até possível estender as opções a caracteres cirílicos, árabes, chineses…). Tem havido alguma imprecisão nas referências a esta questão que importa esclarecer, porque é a essência de todo o trabalho do grupo do Mitchel Resnick e do MIT – uma visão sempre dirigida para o mundo e para qualquer criança nele. (As experiências na Índia com crianças abandonadas e abusadas, recolhidas em centros, e onde as tecnologias se fundem com a terra… com toda a natureza e tradições, é algo de absolutamente maravilhoso que tive oportunidade de conhecer na conferência no MIT em Julho de 2008).

O que vai acontecer de inovador?

Uma das inovações será a existência de uma aplicação portuguesa (concebida por uma equipa da PT Inovação, em colaboração com a equipa do MIT) que permite instalar o Scratch em computadores com monitores pequenos (e outros, claro) e com uma tradução de muito superior qualidade que substitui a oferecida na aplicação do MIT.

Mais inovador ainda, e central nesta parceria, é a estreia mundial da criação de um portal português de alojamento dos projectos que permitirá aproximar, “aninhar” e facilitar a partilha, comunicação e construção de saberes entre os scratchers de língua portuguesa por todo o mundo. Como o Mitchel sublinhou na sua intervenção, é importante que um portal não sirva apenas o propósito de recolha e partilha de projectos. A comunicação e trabalho em equipa que se desenvolve dentro dela é fundamental no processo de desenvolvimento de competências e isso só se torna possível quando as crianças estão num espaço onde a sua língua está representada extensivamente. Ora isso não acontece no portal do MIT que “fala essencialmente o inglês” tornando-se pouco acessível aos mais pequenos, sendo difícil a criação de comunidades mais locais. A partilha dos projectos nesse espaço português é feita através dessa aplicação nova que pode ser instalada a partir do portal Sapo kids. Mais uma vez, foi a equipa da PT Inovação que construiu esse repositório ainda a precisar de contributos dos utilizadores para ir sendo aperfeiçoado e enriquecido ao longo do tempo.

Esta experiência permitirá ao MIT avaliar os resultados de uma localização, que era sua intenção implementar, procurando a definição de bons modelos e exemplos para a generalizar a outros países interessados (e há muitos… mas é preciso encontrar parceiros com visão e com a dimensão adequada dispostos a investir para que o MIT possa continuar o trabalho de investigação e aperfeiçoamento do Scratch). Não seria possível fazê-lo sem o interesse e adesão de empresas fortes. A nós, professores, educadores e investigadores, interessa-nos a questão educativa e tecnológica e é ela que nos fará procurar o melhor para os nossos alunos e para a escola, aproveitando bem os recursos que são disponibilizados e contribuindo para os aperfeiçoar e enriquecer em múltiplas dimensões.

Temos em mãos a oportunidade de traçar um caminho novo e servir de exemplo para a progressiva criação de portais alojados noutros países e ligados por um cordão umbilical ao “portal-mãe” no MIT. Era um sonho da equipa Scratch do MIT, era um sonho nosso e Portugal foi o primeiro a concretizá-lo.

Uma coisa que não é coisa pouca. Estão todos de parabéns!
 
 
 
 
 
 
 

 


RSS my delicious

  • Ocorreu um erro; é provável que o feed esteja indisponível. Tente novamente mais tarde.

Blog Stats

  • 162,686 hits
Janeiro 2009
M T W T F S S
« Dez   Fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias


%d bloggers like this: