Archive for the 'recursos' Category

Scratch: programming for all

Que ferramentas lhes colocamos na mão? Que tempo lhes dispensamos numa mediação cada vez mais necessária e, simultaneamente, mais ausente (casa, escola)?

É preciso reflectir… e… agir!

(Recurso partilhado no portal EduScratch – clicar na imagem)

Scratch no 1ºC e Jardim de Infância – experiências lá fora (Quebec e México)

Vale a pena ver, escutar, ler…
Damos em Portugal os primeiros passos, assim como acontece em outros países. Teremos sempre muito a ganhar com a partilha de experiências e é por isso que no portal EduScratch serão divulgadas actividades dentro e fora de Portugal…

Marie Jobin, débutante en Scratch

 

Mon cheminement avec mes élèves à la maternelle avec scratch 
Comment des enfants de maternelle peuvent-ils scripter ?

AQUI

e AQUI 

Projet Construire une histoire

Outra história – no SCRATCHED

Scratch Club Kids, pilot project launched by ITJ`s Kindergarden

Página correspondente:

Instituto Thomas Jefferson is a private school in Mexico City, Queretaro and Guadalajara. We have integrated Scratch to our everyday learning activities, so our students can express freely, and therefore enhance their creative thinking and self confidence. * In Kindergarden the students are currently creating a Scratch library that gathers the best of their projects. * In Elementary School, Scratch is a tool our kids use to complement their science and social studies projects. They have developed several interactive games to learn in a fun way. * Both Kinder and Elementary have created their own Scratch Clubs to sharpen their teamwork and persuasive skills. * In Middle and High School, our students are mentoring low income schools to enable life in a digital world. To visit our projects, simply search for the word “ITJ” in the Scratch website. Our kids are willing to have some feedback! Account admin: Carolina Jauckens. 

Re (começar)

Ainda com as recordações de Aveiro bem presentes na memória (fica saudade, que a terra é linda): a sessão prática sobre o Scratch que dinamizei com a ajuda do Fernando Milagaia da PT Inovação de Aveiro, o reencontro com amigos da Universidade, o primeiro encontro “real” com a Teresa (Universidade de Aveiro) e com o Augusto (Universidade de Coimbra) que apenas conhecia no virtual e duas das intervenções (mais interessantes) a que assisti… aproveito para regressar à blogosfera partilhando alguns recursos bebidos por lá.

  • Brilhante intervenção de Eduardo Veloso a encerrar o encontro (conferência plenária) em torno do conceito de “Simetria”. Como se não bastasse, ainda nos deixou o seu endereço de correio electrónico e ligações para capítulos de um livro que há-de sair (ainda em revisão) e materiais de um curso alojados na APM. Aqui ficam as pistas… (falta-me um endereço – capítulos do livro, mas já escrevi ao Eduardo Veloso a pedi-lo).

http://www.apm.pt/formacao/tgs_2008/

  • Intervenção de Gary Martin em torno do conteúdo desta publicação do NCTM

http://www.nctm.org/standards/content.aspx?id=23749

http://www.nctm.org/catalog/product.aspx?id=13494

W Gary Martin, John Carter, Susan Forster, Roger Howe , Gary Kader, Henry Kepner, Judith Reed Quander, William McCallum, Eric Robinson, Vincent Snipes, Patricia Valdez

A framework to guide the development of future 9–12 mathematics curriculum and instruction.

Table of Contents (PDF)

Preface (PDF)

 

Scratch… isometrias… rosáceas… frisos…

Dia passado em volta da preparação das sessões de formação de professores na próxima semana… procurando forma de ligar este trabalho e estes conteúdos à utilização do Scratch…

Com a ajuda do ffred, que me queimou etapas explicando como mudar o centro de rotação dos objectos escolhidos como motivos simples, fiz pequenas experiências com o Scratch…

Acrescento também um filmezinho em torno da construção de rosáceas, mostrando (no Scratch) como mudar o centro de rotação e variar ângulos (e número de repetições para que o produto seja equivalente a 360º). Fica a sugestão… que pode gerar investigações interessantes associadas à prática contextualizada de várias operações e estabelecimento de relações entre elas.

Assim haja computadores nas escolas (estou muito desapontada com o panorama das escolas de primeiro ciclo de Setúbal – e são sete – por onde tenho passado este ano… Qualquer tipo de trabalho deste tipo está inviabilizado à partida. Não há internet sem fios, não há computadores, Magalhães vi uns quatro numa turma de 3º ano. Nada mais… (Não sei bem o que isto quer dizer… mas entristece-me o pouco que se caminhou por estas bandas no seguimento da promessa de equipar melhor as escolas do ponto de vista tecnológico…)

Scratch Project

Scratch Project
Vejam o vídeo directamente no Youtube e com écran cheio…

Páscoa feliz…

… pelas mãos da incansável, criativa e matemática Isabel Campeão… (blogue)

Uma delícia!

Boa Páscoa a todos…

Scratch Project

Scratch Project

Transparency in education

By Joaquim (Herr Macintosh)

Gostei do conteúdo e da ferramenta.
(Não vou espreitá-la já… porque me falta o tempo para grandes explorações.)

GoAnimate.com: Transparency in education by http://goanimate.com/user/0TNFJrbsmDvM

Like it? Create your own at GoAnimate.com. It’s free and fun!

Matflash.org (conteúdos interactivos para a disciplina de Matemática)

Leituras à volta do elearning…


… do meu amigo Joaquim Lopes.
Para acompanhar.

Pensamento algébrico nos primeiros anos? (Alguns recursos)

Leituras para a interrupção lectiva (preparação de sessões de formação sobre o tema).

Este está já na prateleira à espera há algum tempo… de… tempo!

Edited by James J Kaput, David W Carraher, Maria L Blanton
Series:
Studies in Mathematical Thinking and Learning Series

LEA – Lawrence Erlbaum Associates

NCTM – National Council of teachers of mathematics

Encontrei na internet os Capítulos 10 e 11:

Carraher, D.W., Schliemann, A.D. & Schwartz, J. (2008). Early algebra is not the same as algebra early. In J. Kaput. D. Carraher, & M. Blanton (Eds.), Algebra in the Early Grades. Mahwah, NJ, Erlbaum, pp. 235-272.

Peled, I. & Carraher, D.W. (2007). Signed numbers and algebraic thinking. In J. Kaput. D. Carraher, & M. Blanton (Eds.), Algebra in the Early Grades. Mahwah, NJ, Erlbaum, pp. 303-327 (now Taylor & Francis).

From the Back Cover (AQUI)
This volume is the first to offer a comprehensive, research-based, multi-faceted look at issues in early algebra. In recent years, the National Council of Teachers of Mathematics has recommended that algebra become a strand flowing throughout the K-12 curriculum, and the 2003 RAND Mathematics Study Panel has recommended that algebra be “the initial topical choice for focused and coordinated research and development [in K-12 mathematics].” The book provides a rationale for a stronger and more sustained approach to algebra in school, as well as concrete examples of how algebraic reasoning may be developed in the early grades. It is organized around three themes:*The Nature of Early Algebra*Students’ Capacity for Algebraic Thinking*Issues of Implementation: Taking Early Algebra to the Classrooms The contributors to this landmark volume have been at the forefront of an effort to integrate algebra into the existing early grades mathematics curriculum. They include scholars who have been developing the conceptual foundations for such changes as well as researchers and developers who have led empirical investigations in school settings. Algebra in the Early Grades aims to bridge the worlds of research, practice, design, and theory for educators, researchers, students, policy makers, and curriculum developers in mathematics education.

Mais recursos:

Welcome /About Early Algebra / Research / Publications / Lesson Materials / Resources

——————————

The Polar Express to early algebraic thinking (artigo NCTM)

Álgebra no ensino básico João Pedro da Ponte; Neusa Branco; Ana Matos

Hung-Hsi Wu – a Matemática que os professores deviam saber

 
Comecei por receber esta informação:
http://mat.fc.ul.pt/noticias/arquivo/a-matematica-que-os-professores-deviam-saber


E depois esta:

Queria, mas não pude estar presente.
Uma formanda de um dos meus grupos de formação do 1ºC foi à sessão de dia 30… e trouxe-me notas valiosas. Daqui à descoberta do universo de Wu, foi só um passinho…
É aqui (http://math.berkeley.edu/~wu/)… e já imprimi materiais indispensáveis (destaque para os relacionados com o ensino de fracções e com a álgebra).
 
Agora é ir encontrando o tempo para ler, ler, ler… beber, beber, beber…
 
Se alguém quiser fazer o mesmo… fica a partilha.
 
(Para esclarecer questões de nomenclatura, ver comentários AQUI)


RSS my delicious

  • Ocorreu um erro; é provável que o feed esteja indisponível. Tente novamente mais tarde.

Blog Stats

  • 173.276 hits
Julho 2021
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias